Notícia: Prefeitura de Maringá utiliza lista não oficial para vacinar farmacêuticos, CRF-PR está apurando os fatos

Publicado em 05/05/2021

Prefeitura de Maringá utiliza lista não oficial para vacinar farmacêuticos, CRF-PR está apurando os fatos


Prefeitura de Maringá utiliza lista não oficial para vacinar farmacêuticos, CRF-PR está apurando os fatos

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná – CRF-PR encaminhou à prefeitura de Maringá, por duas vezes, a relação dos farmacêuticos que atuam no município, nos dias 19 e 28 de abril, para serem incluídos no grupo prioritário de profissionais a serem vacinados contra a Covid-19.
 
A presidente do CRF-PR, Dra. Mirian Ramos Fiorentin, se reuniu com o secretário de Saúde de Maringá,  Marcelo Aguilar Puzzi, o secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação (Siacom), Marcos Cordiolli, e o superintendente da Siacom, Michael Tamura, no dia 22 de abril, para solicitar prioridade na vacinação aos farmacêuticos, tendo em vista sua exposição diária no combate à pandemia. 
 
Porém, o CRF-PR recebeu inúmeras denúncias dos profissionais relatando que a prefeitura está utilizando uma lista que não foi gerada pela entidade. 
 
Diante desses relatos, o Conselho entrou em contato com a prefeitura para cobrar explicações dos gestores públicos a respeito da utilização da lista não oficial como referência para imunizar os profissionais.
 
A entidade se coloca à disposição da prefeitura para todas as orientações e esclarecimentos necessários para dar continuidade à imunização dos farmacêuticos e segue lutando incansavelmente para que o Plano Nacional de Imunização seja cumprido.

Clique aqui e assista a matéria do G1.

Confira a lista de profissionais enviada à Prefeitura de Maringá e o protocolo da lista.



topo